Fun

Hoje o basquet…

Hoje fui aos desportos na UA, participo no basquet para correr um pouco e espairecer a cabeça da quantidade de trabalho que tenho para fazer…

Acontece que depois da “aula” acabar fui tomar banho nos balneários. Infelizmente a água estava a ferver… A única coisa em que conseguia pensar era no camarão e nas lagostas… Coitados 😀

Anúncios
Standard
Geral

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Porque a sabedoria e a verdade estão sempre na moda,
e porque o que foi verdade um dia talvez ainda o seja.

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.

                          Luís de Camões
Standard
Geral

Quando eu era pequenino…

A minha maluquisse ainda era maior que hoje… Sem ideias e conceitos impostos pela sociedade, podia pensar no que bem me apetecesse sem parecer ridículo (ou talvez só um pouco) ou olhos a olhar para mim como para quem é doido.

Nessas divagações, vou partilhar aqui duas… Quando eu era pequenino, queria ser chamado Filipe, mas não Filipe Filipe, tinha de ser Felipe com um e, não perguntem porquê que não vale a pena, eu também não sei porquê.

Por outro lado, lembro-me um dia estar a ver tv e ver umas dançarinas tipo Carnaval do Rio de Janeiro que vestiam umas modestas tanguinhas. Nesse dia passei a querer uma tanga, só que… Só que tinha de ser tal qual como a das bailarinas, em imitação de pele de leopardo… Ai as maluquises da infância…

Com isto e para acabar, deixo aqui uma fotografia minha quando ainda não era mais alto que 3 maçãs e não sabia que o mundo não permite imaginações soltas e libres.

img004E não, não sou aquele bicho com a dentuça para fora, só mais aquele pequeno em cima que domou a besta (no circo) 😀

Standard
Fun

O canibalismo dos tempos modernos…

Nos tempos de hoje é normal ouvir alguém a dizer algo do tipo “Epá, eu comi a Joana” ou então “Olha, sabias que a Jaquina comeu o Tibúrcio?“. Isto são tudo nomes fictícios como é evidente, se alguém se sentir visado por favor fique calado que não estou a falar deles até porque da última vez que verifiquei não tinha nenhum Tibúrcio na minha lista telefónica pessoal nem nenhum dos outros nomes :D). No meu tempo não era nada assim (tenho 21 anos já agora!).

Isto meus caros amigos, é canibalismo! Da wikipédia, “canibalismo consiste no ato de consumir uma parte, várias partes ou a totalidade de um indivíduo da mesma espécie (…)”. Ora se alguém diz que comeu outro, quem sou eu para dizer o contrário? Não quero ser comido vivo também…

Isto não passa de canibalismo não sua forma moderna e figurada claro :D. No meu ver, se eu tiver de comer algo é  logo um leitão, aqui não se brinca!  Quais pessoas qual canibalismo, tavez uma camarão selvagem  também vá (piada privada que talvez conte um dia).

PS: Mais um post sei jeitinho nenhum, eu sei… Mas ao menos as pessoas percebem o que do que estou a falar ao contrário de algumas pessoas que não irei referir aqui… cofff cofff… Marco… cofff… Inês… <—- Só quero deixar mais uma dica, existem alguns links na minha  barra lateral…

Ao som de: Playback – 4Taste e  Pó De Arroz – Tiago Bettencourt & Mantha (Tributos a Carlos Paião)

Standard
Fun

Solteiro ou casado?

Todos sabemos que as estatísticas são números fascinantes capazes de nos transmitir imensa informação útil ou nem por isso. Hoje apresento uma estatística que vem sendo criada, demonstrada e verificada 😛 há jà milhões e milhões de anos.

Probabilidade de uma rapariga ser solteira...

Probabilidade de uma rapariga ser solteira...

Podem clicar na imagem para ver o artigo original onde fui buscar isto e outras estatísticas curiosas mas verídicas (ou nem por isso) 😀

Standard