vida

Aventura sem fim

Porque o caminho pode ser mais importante que o destino…

Toda uma aventura mais importante que o seu fim…

A vida tal como uma estrada de sentido único, jamais nos permite voltar para trás. É claro que podemos encontrar cruzamentos que nos alteram o rumo mas jamais podemos voltar para trás (não, até haver máquinas capazes de viajar no tempo pelo menos).

O importante é o como fazemos esse caminho, como o aproveitamos já que jamais o voltaremos a fazer. O que estão a fazer em casa e à frente do computador? Não deviam andar por aí a apreciar a vida?

Standard
vida

Sempre pronto a mexer

Ao longo do dia, muito vai passando pela minha cabeça. Muitos pensamentos sobre como as coisas são e como funcionam nesta vida. A verdade é que nós tendemos a complicar a vida quando esta podia ser tão fácil e suave.

Encontrei a imagem abaixo hoje, quando andava a dar uma volta aos blogs que vou seguindo, e no fundo, fora a mensagem aparente, existe outra grande mensagem nela presente: não deixem para depois o que podem fazer agora sobretudo se o depois for tarde de mais. Isto aplica-se a tudo…

Standard
Geral

A derradeira pergunta

Imaginem o seguinte:

Estão num tempo muito à frente em que já existem máquinas de viajar no tempo e por sorte, é-vos permitido usarem uma para fazerem o que querem. Agora vem uma pergunta: Se forem uns anos para trás, ao passado, e vos matarem a vós próprios, isso seria um homicídio, suicídio ou estupidez? Voto pela estupidez. 😀

PS: Tinha este texto como rascunho no blog há mais de um ano… Viva o pó e as teias de aranha…

Standard