vida

The tale of two stars

Há uns anos comecei a comprar all stars. Até então, eram algo de que eu não gostava.  Não perguntem porquê mas havia algo nelas que as tornava ridículas e pouco atraentes. Pareço uma gaja a falar 😛

Começou inocentemente, primeiro com um par, depois com outro e a verdade é que agora tenho bem mais que dois pares. Gosto de pensar que não sou consumista, mas temos de pensar no futuro e sempre que aparece uma promoção, cá vou aproveitando.

Como verdadeiro amante das belas estrelas, possuo o modelo preto de cano alto, possivelmente o modelo mais conhecido da converse.

Há uns meses atrás, apareceu uma boa promoção no modelo preto de cano alto. Embora já tivesse umas, acabei por comprar outras, até porque as que possuía na altura estavam a começar a degradar-se rapidamente e com um aspecto velho e remeloso. Acabei com dois pares iguais, não fosse pelo aspecto, novo para umas e podres para as outras. Entretanto já usei as novas, mas nunca mudei para elas, as velhinhas parecem mais confortáveis e tem um certo charme 😀 Fico quase com pena de dar o mesmo destino das velhas às novas, mas por enquanto as velhas sabem a casa 😀

Um abraço ao Chuck 🙂

Standard