Geral, vida

Artigos e companhia

Quando era mais novo, trabalhei durante 1 ano e pouco num supermercado ao fim-de-semana. Ficava sem fim-de-semana, sem tempo para nada mas o dinheiro ao fim do mês era agradável. Durante esse tempo, o meu trabalho consistia maioritariamente em ser caixa (Se tivesse metade do dinheiro que me passou pelas mão nessa altura, posso dizer que seria bastante feliz por esta altura). No entanto, não havia dia em que também não me fossem atribuídas outras tarefas como limpeza, reposição de artigos, ajuda a outros funcionários, fora algumas atividades mais usuais associadas à caixa, como fazer embrulhos ou contar o dinheiro ao fim do dia enquanto se rezava para que o total do dia estivesse de acordo com o dinheiro da caixa. Mais coisa menos coisa 😀 Esse tempo ensinou-me algumas coisas, sem ser contar dinheiro como os mafiosos!

supermarket

Em primeiro, passar cerca de 8h de pé atrás de uma caixa de supermercado, sem fazer nada a maior parte do tempo dá cabo das costas até a um miúdo de 18 anos. Em segundo, os empregados que ficavam para o fecho do supermercado, funcionavam como uma equipa, saiam todos juntos quando o trabalho de todos os funcionários estava acabado. Nestes momentos, era grande a entre-ajuda e camaradagem. Em terceiro, que se deve sempre verificar a data de validade dos produtos, mesmo quando os estamos a comprar no supermercado! Não foi nem uma nem duas vezes que apanhei alguns produtos fora de validade ao fazer reposição/arrumação de prateleiras. Como devem imaginar não estou a falar de coisas como pão, leites e afins com bastante saída e elevada perecidade mas sim de produtos com menor saída e maior data de validade, como por exemplo, enlatados. Em quarto lugar, que as coisas em melhor estado e mais frescas então sempre mais atrás pelo que não devem tirar o artigo da frente. A verdade é que aproveitei este post para falar um pouco sobre mim e o meu passado só porque me apetecia (estava “in the mood” :)) mas o post é realmente sobre este quarto ponto.

Meus amigos, é verdade que por regra geral os artigos mais frescos e em melhor estado estão mais atrás, quanto menor a data de validade de um produto (maior perecidade), mais isto se aplica. Pensem em alfaces, iogurtes, etc. Quando é feita a reposição de artigos, os funcionários puxam sempre os artigos existentes nas estantes e colocam os “novos” por trás.

A verdade é que o mundo é um caos mesmo num supermercado! 😀 Imaginem que a estante tem de ser limpa. Pensam que os funcionários tiram e voltam a colocar tudo exatamente na mesma ordem? Embora isto acontece tão frequentemente quanto isso, imaginam agora que não estão sozinhos no supermercado! Imaginem que existem outras pessoas que também andam às compras! Podemos supor que nem toda a gente liga a isto pelo que tiram o artigo da frente. Quando vocês vão buscar um artigo, como sabem que o que está na frente é realmente o primeiro? Aquele que vocês pensam ser o primeiro, pode ser o terceiro ou vigésimo, até porque os outros clientes provavelmente também compram alguns dos mesmos produtos e já levaram alguns dos da frente.

Por isso acima de tudo, verifiquem o estado do artigo, o seu aspecto ou se a embalagem foi violada em vez de darem mais importância à posição em que ele se encontrava na estante.

Este artigo é dedicado a todos as pessoas que quando vão ao supermercado, nunca tiram o artigo da frente e que estragam as contas para todos os outros!

Standard
Wishlist

Página da minha wishlist

Até porque tenho por aí uns bons amigos e cheios de trocos ou mesmo porque o Pai Natal pode passar por aqui (nunca se sabe!), decidi abrir uma página nova aqui no blog sobre aquelas coisas bonitas e giras que vejo pela internet todos os dias mas não compro por falta de dinheiro, ou mesmo porque acho que não serve para nada embora o queira na mesma (LOL?)

Sendo assim irei publicá-la brevemente, sim porque são muitas coisas e tudo leva o seu tempo a fazer… 😀

Só um cheirinho…

Isto seria utilizada naquelas manhãs em que me sinto irremediávelmente preso à rotina do trabalho e das aulas… 😛

Standard
Geral

Ninguém sabe o que quer

Tanto com quem trabalha como com quem estuda a situação é sempre a mesma. Se estão de férias, estão fartos de não fazer nada. Quando voltam ao trabalho, ficam cansados e querem voltar às suas férias.

Já estou em aulas mas a vontade de férias ainda não veio… Ainda…

O mundo jamais terá um equilíbrio perfeito. Dá que pensar.

Standard
Dinheiro

O cheiro do dinheiro – parte 1

Existem muitas oportunidades hoje em dia para ganhar uns trocos seja por aí no mundo real, ou mesmo na Internet. Se são daquelas pessoas que não acreditem, continuem a ler…

Fotografia por cleebster

Fotografia por cleebster

As pessoas conseguem ser muito interessantes no meu ver. Quando lhes falo em ganhar dinheiro na Internet, suspeitam logo. Isto é normal, eu também o faço e todos o deveriam fazer. Todas as pessoas conscientes do que fazem na vida precisam de ter espírito crítico e uma mente alerta pois nos dias de hoje existe sempre alguém numa esquina que nos quer enganar mas nunca ninguém nos dá nada de mão beijada. Até aqui tudo bem, cada um deve pensar por si e não tomar a palavra de qualquer pessoa como verdadeira logo à partida sem pensar primeiro por si.

Tenho de dizer a verdade, eu gosto particularmente destas pessoas “cépticas” com quem por vezes converso no msn ou por aí, porque a conversa segue e elas dizem-me que fazer dinheiro na Internet é “merda“(desculpem a expressão, mas é mesmo assim que certas pessoas caracterizam isto), que não é trabalho de gente, entre outras coisas. Eu estou-me nas tintas sobre o que essas pessoas pensam porque sei pensar por mim.

Interessante vem depois, quando lhes digo que já ganhei uns $70 na Internet. A pergunta que vem logo a seguir é “como?” Isto faz-me rir mas para dizer a verdade sei perfeitamente que as pessoas são curiosas  e são sempre atraídas para o dinheiro, caso contrário nem haveria tanta gente a jogar euromilhões. Mas o que me faz rir é de um momento para o outro elas ficarem interessadas por algo ao qual se referiram antes como “merda”!

Para além do meu trabalho na universidade (que vem em primeiro lugar na minha lista de prioridades) e agora este blog pessoal, quando tenho algum tempo, leio sobre métodos e maneiras, de promover blogs na internet, escrever bom conteúdo, entre outras coisas que me podem levar a ganhar uns trocos.

O que essas pessoas pensam é que quando digo fazer dinheiro na internet é do tipo dinheiro instantâneo. Só

Forografia por cattycamehome

Forografia por cattycamehome

tenho uma coisa para dizer a essas pessoas, se querem dinheiro, nunca o vão conseguir sem trabalho! Eu sei que por vezes alguém lá tem uma ideia de génio e ganha grande pipa de massa, mas isso é uma pessoa em muitos milhões. O mais provável é até essa pessoa ter essa idea já depois de muito trabalho. Se querem alguma coisa na vida, terão de trabalhar para a obter e na internet é o mesmo!

Tem de desenvolver muito trabalho e não desistir mesmo quando as coisas parecem complicadas porque depois de uma tempestade, vem sempre o sol! Nem que trabalhem apenas um pouco todos os dias, a longo prazo, os resultados aparecem. Só tem de se mexer e fazer alguma coisa e eu tenho este problema, gosto muito de ler métodos e pensar sobre eles, como poderiam ser melhores, se iriam resultar mas acabo por nunca passar à prática e sem a prática não há ganhos.

Isto é a primeira parte de duas do artigo “O cheiro do dinheiro”, talvez escreva a seguinte daqui umas horas ou uns dias! Quem sabe… Posso adientar desde já que o post será sobre squidoo.

Abraço

Standard